SÍNDROME DA HIPERESTIMULAÇÃO OVARIANA (SHO)

Mais uma síndrome que nunca tinha ouvido falar, não sei você que está lendo, mas foi totalmente novo pra mim.

Apesar de ser portadora da SOP, clique aqui, eu sempre ovulei muito bem todos os meses, desde que comecei acompanhar com as US seriadas, o folículo estava lá, mesmo sem medicamentos para induzir a ovulação.

Nunca imaginei que isso pudesse ocasionar uma SHO. Meu médico chegou a me prescrever uma quantidade reduzida de indutores e estimuladores, já observando que minha resposta poderia ser boa.

a SHO é caraterizada pela resposta exagerada dos ovários após a estimulação com hormônios (principalmente as gonadotrofinas injetáveis, como Gonal-F, Elonva, Menopur, Pergoveris) TOMEI QUASE TUDO ISSO AÍ, que acarreta a liberação de substâncias que causam um aumento generalizado da permeabilidade vascular, levando ao acúmulo de líquido no abdome (ascite), inchaço, derrame pleural (líquido entre os pulmões), hidrotórax (líquido no tórax), trombose, insuficiência renal e, em casos graves, até morte. Estima-se que a mortalidade seja de 1 a cada 100.000 tratamentos. Pode parecer bastante raro, mas, se considerarmos que são realizados cerca de 1.500.000 tratamentos por ano, aproximadamente 50 mulheres morrem anualmente por complicações da SHO.

Após a punção, fui pra casa e estava sentindo um incômodo no abdômen, mas achei normal porque havia acabado de fazer a punção, ou seja, mexido bastante dentro de mim.

Mas no outro dia, como já contei no Post anterior, acordei com uma barriga enorme, dura e sentindo muita dor, não conseguia me mexer, ir ao banheiro, nem xixi estava fazendo e ao me pesar, do dia pra noite eu tinha ganho cerca de 3 quilos!

Liguei pro médico e ele pediu que eu fosse à clínica para que ele pudesse me ver. Que viagem longa, meu marido mal passava dos 80 km por hora e pra mim, parecia que eu estava dentro de um liquidificador, me jogando pra lá e pra cá, dor, dor e mais dor.

Cheguei lá e foi constatada a SHO, meu abdômen estava cheio de liquido, e ainda estava produzindo folículos, mesmo o doutor tendo retirado cerca de 30 folículos no dia da punção.

Alguns sintomas devem ser observados:

  • Dor abdominal leve;
  • Distensão e desconforto abdominal;
  • Aumento do tamanho dos ovários;
  • Inchaço;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Diarreia;

Em casos mais raros, a síndrome pode se desenvolver de forma mais grave e causar:

  • Rápido aumento de peso;
  • Falta de ar e alterações respirações;
  • Alterações sanguíneas e renais.

Quando a SHO é grave, a internação é necessária e as vezes até na UTI. Graças a Deus, a minha ainda foi leve a moderada, meu tratamento foi repouso absoluto, muita ingestão de líquido.

Com cerca de quatro dias (no meu caso) eu já estava melhor e o inchaço foi passando. Em outras situação, a SHO só melhora após quinze dias pelo menos, ou somente no próximo ciclo.

Quer saber mais? Se identifica com algum ponto desse post? Comenta aqui em baixo…

A história continua…

13 respostas para “SÍNDROME DA HIPERESTIMULAÇÃO OVARIANA (SHO)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *