UM NOVO COMEÇO

Quando fui à primeira consulta com meu atual médico, estava tomando um medicamento chamado Allurene, que seguraria minha menstruação e assim manteria minha endometriose sob controle.

Ficou combinado que assim que minha menstruação viesse, eu entraria em contato com ele para dar início ao novo procedimento de FIV.

Nossa primeira fertilização foi muito traumática, por vários motivos, o primeiro deles claro, é que não tivemos o resultado esperado, o segundo é que contamos apenas para a família, mas outras pessoas de fora ficaram sabendo e as perguntas… DEU CERTO? E AI, VAI VIR GÊMEOS? TÁ COM ENJOO? Me cortavam por dentro, pois essas pessoas não sabiam que não tinha dado certo… e eu tinha que reviver toda aquela angústia de novo pra explicar que não havia sido dessa vez. Sério, não fiquem perguntando.. “E aí, quando vem o bebê???”, isso machuca demais… Leia este Post aqui e entenda o que estou falando.

Então, para evitar todo esse transtorno que tivemos, decidimos, eu e meu marido que a próxima FIV que faríamos, a gente não iria contar pra ninguém, ninguém mesmo.. nem pras nossas mães… e assim fizemos.

Com essa decisão tomada, agora tínhamos que aguardar a menstruação descer… e no início de agosto ela apareceu!

Mais que depressa mandei um whats para o Doutor (sim, ele responde whats e muito rápido, eu tiro todas, TODAS as minhas dúvidas com ele…), mandou meus medicamentos pela irmã dele… ahh não sei se falei, mas o valor da FIV que é menor do que somente os honorários que paguei pro meu médico anterior, já inclui todos os medicamentos que vou precisar tomar.

Peguei aquela caixinha… até me assustei quando vi que tomaria Clomid (indutor de ovulação) e mais 3 injeções… Epa!!! Só isso??? Hahahaha não acreditei.. na outra tomei mais de 20 injeções em menos de 10 dias!!! Não estava acreditando!!! Era muito bom e tranquilo pra ser verdade!!!

Tomei 2 Clomid por dia e no sétimo dia de Clomid fui fazer uma US para contagem dos folículos. Confesso que não estava muito confiante, afinal, nem inchada não estava, tinha medo de não ter folículos e consequentemente não ter óvulos para a FIV que estava prestes a fazer…

Quer saber mais? Se identifica com algum ponto desse post? Comenta aqui em baixo…

A história continua…

9 respostas para “UM NOVO COMEÇO”

  1. Não entendi sobre seu médico dizer que não se usa zoladex para endometriose e outras doenças não oncológicas. Pois fiz todos os tratamentos conservadores possíveis, sem melhora. Com zoladex, minhas dores sumiram, ganhei qualidade de vida. Os efeitos colaterais são Pinto pro que eu sentia. E ele é tão utilizado pra isso ou para infertilidade que até o SUS libera. Bom, não entendi.

    1. oi Vanessa,

      O que disse foi que esse medicamento, por ser tão forte, já não é mais tão indicado para tratamento de endometriose há mais de 6 anos (ou seja, antes de se administrar de cara a Zoladex, tenta-se outros medicamentos, o que acredito que tenha sido o seu caso), e que existem outros que podem fazer o mesmo sem fazer com que a mulher sofra tanto! Não é que ele não indica, apenas que existem outros métodos que podem ser mais fáceis! Não sei vc, mas sofri horrores com a Zola… e ainda me deu o problema de perda óssea, afinal foram 10 injeções, sendo que o máximo indicado são 6… bom, foi o que ele disse, e que no meu caso, se encaixou perfeitamente para os efeitos colaterais que desenvolvi…

      É claro, que se foi bom para seu problema.. maravilha… mas pra mim, não adiantou e ainda me causou a perda óssea… por isso que coloquei no post…

      Beijinhos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *