CORRIDA CONTRA O TEMPO

Depois do último negativo de outubro/2017, mais uma vez nos planejamos de viajar… e dessa vez seria com amigos, estávamos ansiosos para o mês de abril chegar logo.

Por causa dessa viagem, tive que correr contra o tempo para adiantar todas as liberações e exames necessários para que a histeroscopia fosse feita antes da viagem.

E consegui!!!!

A viagem estava marcada para dia 18/04/2018 e o procedimento aconteceu no dia 14/04/2018. Por ser bem simples e não depender de repouso, sai no mesmo dia do hospital, super bem, sem dor, sem nenhum sintoma.

Viajamos, passeamos muito… foi muito divertido e retornamos no final do mês de abril. Tinha consulta marcada no dia 09 de maio para saber o resultada da histero.

No consultório, o doutor nos mostrou o vídeo de como eu sou por dentro!!! Hahahaha gente, me assustei…. existem dentro de mim milhões de micro pólipos… muitos mesmo… que demostram a endometrite (sim, mais uma coisa pra conta), bem como a presença muito forte das células NK (Natural Killer) que são células de defesa que em algumas mulheres a presença é muito maior, causando abortamentos, ou até mesmo a morte dos espermatozoides (meu caso)!

Gente!!! Que coisa!!! Tudo comigo!!!

Mas aí, o médico vem e me diz que em estudos recentes, muito recentes mesmo, ou seja, sem comprovação científica nenhuma, se a mulher com um quadro igual ao meu tomasse um determinado tipo de antibiótico por 10 dias, a partir do vigésimo dia após o início do tratamento a curva de fertilidade poderia aumentar em até 40%!

What???? Sério??? É claro que quero tomar esse negócio!!! MAS ATENÇÃO! O médico me falou, tome muito cuidado, pois trata-se de um antibiótico muito forte, os efeitos colaterais dele não são bons, e pode te gerar alguns probleminhas devido a sua macro biota estar totalmente desprotegida!!!

Confesso que na hora deu um medinho, mas depois de ouvir que ele achava que tinha encontrado nosso problema… todo o medo passou!!!

Saímos da clínica direto para a farmácia pra comprar o tal antibiótico. Comecei a tomar naquele dia mesmo!

Tomei uma série de cuidados, muitos mesmo, afinal eu fiquei praticamente sem imunidade nesses 10 dias…

Os 10 dias passaram… a vida continuou… o mês de junho se aproximava e muitas atividades estavam por vir…

Decidimos que no mês de junho faríamos mais uma transferência, agora dos meus óvulos que estavam congelados, os fertilizaríamos e a transferência seria a fresco.

Então, comprei os medicamentos que o Dr. Vinícius me passou, e estava aguardando a menstruação vir para dar início ao preparo do endométrio.

Quer saber mais? Se identifica com algum ponto desse post? Comenta aqui em baixo…

A história continua…

10 respostas para “CORRIDA CONTRA O TEMPO”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *